Outras Notícias

  • Faleceu Carlos do Carmo 04-01-2021

    Ao tomar conhecimento do falecimento de Carlos do Carmo, personalidade ímpar da cultura portuguesa, da música, um dos maiores intérpretes do fado, democrata e...

  • CPPC homenageia Rui Namorado Rosa e 70 anos de luta pela paz 17-03-2019

    O CPPC homenageou Rui Namorado Rosa, membro da sua Presidência e que durante anos assumiu as funções de presidente e vice-presidente da direcção nacional. A...

  • Faleceu Armando Caldas 13-03-2019

    Hoje, 13 de Março de 2019, o encenador e actor, membro da Presidência do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC), Armando Caldas, deixou-nos. Com um...

  • Homenagem a Rui Namorado Rosa 11-03-2019

    O Conselho Português para a Paz e Cooperação tem o privilégio de contar com a participação, nos seus órgãos sociais, de Rui Namorado Rosa, que foi seu...

  • Falecimento de Vítor Silva 08-08-2018

    A Direcção Nacional do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) lamenta informar do falecimento de Vítor Silva, ocorrido na madrugada de hoje. Membro do...

solidariedade com o saara ocidental sessao publica na unicepe porto 1 20190726 1421572124

No quadro da visita a Portugal, a convite do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC), de uma delegação da União de Juventude Saarauí (UJSARIO), realizou-se no dia 9 de Julho uma Sessão Pública na Unicepe - Cooperativa Livreira de Estudantes do Porto, CRL.

Na sessão, promovida pelo CPPC com o apoio da UNICEPE e do Sindicato dos Professores do Norte, estiveram na mesa Ilda Figueiredo e Filipe Ferreira, do CPPC, Henrique Borges, do Sindicato dos Professores do Norte, e dois representantes da UJSARIO, Hamdi Taubali e Dakar Abdelfatah.

 

Durante a sessão, onde os representantes da UJSARIO descreveram a difícil situação que enfrenta o povo saarauí nos acampamentos de refugiados e nos territórios ocupados, tendo denunciado a hipocrisia da UE e do seu ilegal acordo de pescas com Marrocos, entre outras pilhagens dos recursos naturais do Saara Ocidental. Foi ainda particularmente sublinhada, que nos territórios ocupados, a potência ocupante, Marrocos, sujeita a população saarauí a constantes, graves e flagrantes violações dos direitos humanos, incluindo o desaparecimento e assassinato de ativistas saarauís.

A solidariedade ativa do CPPC e de outras organizações portuguesas, foi outra das questões abordadas, como a afirmação de que sempre têm estado e permanecerão ao lado do direito do povo saarauí à sua independência e autodeterminação.

#SaaraOcidentalLivre #FreeWesternSahara