Outras Notícias

  • Faleceu Carlos do Carmo 04-01-2021

    Ao tomar conhecimento do falecimento de Carlos do Carmo, personalidade ímpar da cultura portuguesa, da música, um dos maiores intérpretes do fado, democrata e...

  • CPPC homenageia Rui Namorado Rosa e 70 anos de luta pela paz 17-03-2019

    O CPPC homenageou Rui Namorado Rosa, membro da sua Presidência e que durante anos assumiu as funções de presidente e vice-presidente da direcção nacional. A...

  • Faleceu Armando Caldas 13-03-2019

    Hoje, 13 de Março de 2019, o encenador e actor, membro da Presidência do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC), Armando Caldas, deixou-nos. Com um...

  • Homenagem a Rui Namorado Rosa 11-03-2019

    O Conselho Português para a Paz e Cooperação tem o privilégio de contar com a participação, nos seus órgãos sociais, de Rui Namorado Rosa, que foi seu...

  • Falecimento de Vítor Silva 08-08-2018

    A Direcção Nacional do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) lamenta informar do falecimento de Vítor Silva, ocorrido na madrugada de hoje. Membro do...

 

(Moção aprovada pela XXII Assembleia da Paz)
Cinco patriotas cubanos que dedicaram a sua vida a impedir que o seu país e os seus compatriotas fossem vítimas de acções terroristas perpetradas por organizações sediadas nos EUA encontram-se presos ou retidos neste país há mais de 13 anos.Antonio Guerrero, Fernando González, Gerardo Hernández, Ramón Labañino e René González foram, de forma injusta, sem comprovação de culpabilidade e sem terem sido respeitados os seus direitos, condenados a brutais penas de prisão.Durante estes 13 anos de detenção, inúmeras violações dos seus direitos foram cometidas pelas autoridades dos EUA, como a negação de visitas dos seus familiares, os obstáculos colocados ao contacto com os seus advogados ou o submetimento a longos e brutais períodos de isolamento.René González está, neste momento, em liberdade condicional, mas está obrigado a permanecer em Miami durante três anos, correndo sério riscos.A Assembleia da Paz diante da injusta situação imposta a estes cinco patriotas cubanos:•    Exige o respeito dos direitos e a libertação, sem condicionamentos, de Antonio Guerrero, Fernando González, Gerardo Hernández, Ramón Labañino, René González e o seu imediato regresso a Cuba, pondo fim, desta forma, a uma injusta e inaceitável situação que se prolonga há 13 anos.